Como Conjugar Verbos Irregulares em Espanhol

¡Hola! 

Bem você deve estar se perguntando: Afinal como conjugar verbos irregulares em espanhol?

Bem tem um ditado bastante conhecido aqui no Brasil é de que toda a regra tem uma exceção. E, embora provavelmente essa regra também deva ter sua própria exceção, essa afirmação faz muito sentido quando o assunto é o aprendizado de uma nova língua. O idioma é uma coisa viva, em constante transformação e, que muitas vezes, guarda certas peculiaridades que não conseguem ser classificadas em regras gerais.

Esse é o caso dos verbos irregulares. Assim como o português, o espanhol possui uma série de construções verbais que não seguem um modelo e conjugação e, por isso, devem ser memorizados. Eles são a exceção da regra.

Pensando nisso, hoje separei um vídeo onde falo sobre alguns dos verbos irregulares em espanhol, para que você possa memorizá-los e não esquecer mais.

Assista ao Vídeo:

Como Conjugar Verbos Irregulares em Espanhol

Então é isso pessoal, espero que você tenha gostado e aprendido com esse artigo.

E se vocês vocês gostaram deixem um comentário dizendo o que acharam e quais as suas dúvidas. 

E baixe AGORA o nosso EBOOK: Os 7 Erros Mais Comuns dos Brasileiros ao Falar Espanhol.

Mas não pare por aqui! Se você gostou deste conteúdo poderá ver mais dicas na nossa página do FacebookE se inscreva no nosso canal do YouTube.

 

Até a próxima!

Aprenda Como Usar os verbos tener e haber de forma simples

¡Hola!

Hoje estou aqui pra falar outro erro muito cometido ao falar espanhol.

Verbos Tener e Haber, como usar?

Nós brasileiros temos a dificuldade de diferenciar os verbos tener e haber, ou seja o verbo “ter” do verbo “haver” e mesmo quando sabemos quando devemos usar o verbo “haver”. Em geral temos o costume de usar o verbo “ter” pois é algo muito comum para nós.

O problema é que os outros idiomas distinguem muito bem os verbos tener e haber e não existe essa confusão. Como ocorre no espanhol, que se utiliza o verbo “tener” que significa “ter”, e o verbo “haber” que é “haver” em português.

E se você está se perguntando qual a diferença entre essas palavras eu vou te explicar. Basicamente o verbo “tener” é utilizado no sentido de posse e o “haber” no sentido de existência.

 

Exemplos:

  •       Mi madre tiene un vestido rojo. (Minha mãe tem um vestido vermelho.)
  •       Hay una casa en la esquina. (Há uma casa na esquina.)

Há também outras situações em que o “tener” é usado no sentido de necessidade:

 

Exemplos:

  •       Tengo que irme. (Tenho que ir embora.)

Porém, é importante salientar que quando o verbo “haber” é usado no sentido de existir, que é o caso em que é confundido com o “tener”, ele é invariável, ou seja, não muda de acordo com singular e plural. Exemplo:

  •       Hay muchas cosas que hacer en la oficina hoy. (Há muitas coisas a fazer na oficina hoje.)

Perceba que, assim como no português, o verbo “haber” fica igual mesmo quando o substantivo que vem a seguir está no plural.

O verbo poderá mudar, e de fato muda, mas somente quando se tratar do tempo verbal do passado ou outros tempos verbais, por exemplo:

  •        Hubo un problema ayer y yo no lo pude resolver. (Houve um problema ontem e não pude resolvê-lo.)

Perceba também que o “haber” foi para o passado mas continua invariável.

Então lembre-se, de hoje em diante que você deve sempre diferenciar bem os verbos tener e haber.

Então é isso pessoal, espero que você tenha gostado e aprendido com esse artigo.

E se vocês vocês gostaram deixem um comentário dizendo o que acharam e quais as suas dúvidas. 

E baixe AGORA o nosso EBOOK: Os 7 Erros Mais Comuns dos Brasileiros ao Falar Espanhol.

Mas não pare por aqui! Se você gostou deste conteúdo poderá ver mais dicas na nossa página do FacebookE se inscreva no nosso canal do Youtube.

Até a próxima!